domingo, 8 de janeiro de 2012

Palavras de um "mestre"

Avistei ali um aglomerado de pessoas e logo fui me aproximando para entender o motivo do tumulto. Estavam todos ao redor de um homem aparentemente jovem com uma garrafa de uma bebida alcoólica na mão. Ao perguntar para uma das pessoas que também estavam observando tal homem, eu percebi cochisos dizendo que ele era um mestre, mestre da vida para ser mais exato. Encontrei um lugar diante de tal ato para uma observação e conclusão melhor do que estava acontecendo e entre as pessoas começei a olhar para a figura daquele homem que estava sentado no chão e provei de sua sabedoria.
- ... a covardia não levará nada mais a não ser perda de tempo, e, enquanto estamos aqui, há alguém fazendo uma revolução em sua vida, pois não tem medo de tentar. O mundo sorri para as pessoas que tentam, pois elas aprendem com a vida mesmo quando não conseguem alcançar seus objetivos. Despia-se de seu orgulho, de sua ignorância e tente, sem medo de errar. Por que as pessoas que estão acomodadas com a vida estão apenas dando vantagens as outras, que não terão com quem lutar para alcançar seus objetivos, e, é isso que eles querem. Pois se você não coragem suficiente para tentar algo novo ou lutar pelos seus objetivos você não é digno de viver. Não sou ninguém para dizer que vocês não são dignos de viver mas quero que saibam que, não existe exceção nesse mundo, para ninguém, e que temos que lutar na vida, temos que estar preparado para isso. Ou você entra no jogo do mundo, ou você apenas observa. Mais acreditem, jogar é melhor do que observar. Então, não sejam covardes igual eu, tomem coragem e lutem por seus objetivos...
Nesse momento eu fui embora refletindo um pouco sobre o que ele disse. Aliás, engraçado ele dizer para nós tomarmos coragem, pois ele estava com um garrafa de bebida alcoólica na mão. será que precisa disso ou é só uma desculpa para esconder o quão frágil e covarde algumas pessoas são? (Como ele)

Nenhum comentário:

Postar um comentário