sábado, 2 de julho de 2011

Menino × Bar × Menina


A minha vizinha, sempre admirei a beleza dela, pena ela ser maior de idade e eu menor. Com certeza ela não iria gostar disso mesmo que minha fisionomia tentasse provar ao contrário. Ela nem fazia ideia da minha idade até o dia em que saindo de casa ela toma coragem e pergunta.
- Oi vizinho, qual é o seu nome?
- Guilherme. - respondi educadamente.
Percebi que ela tinha percebido minha voz de adolescente e com ar de curiosidade ela fez outra pergunta:
- Qual a sua idade?
- 16. - No momento em que respondi eu percebi uma expressão diferente no rosto dela, algo como reprovação.
- És apenas um menino - respondeu ela com uma cara esnobe. Nem dei atenção.
No mesmo dia decidi ir com os amigos no Greenwood; melhor bar da cidade; música boa, gente interessante, bebidas de ótima qualidade e principalmente mulheres bonitas e interessantes. Ao chegar no local eu não pude deixar passar despercebido que a minha vizinha estava lá e que ela passara a noite toda me fitando. Logo ela toda "certinha". Achei que ela nem iria olhar para mim por eu ser menor de idade, mas por algum motivo ela não conseguia evitar e então, decidi chegar nela para conversarmos.
Conversamos durante 1 hora e eu já sabia a vida dela toda e o quanto ela era infantil, tanto em conversas quanto em atitudes. Sua idade? 24 anos. Fingi nem ter ouvido a idade e inventei uma desculpa para eu voltar  junto aos meus amigos. Ao me aproximar deles um me lança a seguinte pergunta.
- Ual! Que gata! Quem era ela em?
- E apenas uma "menina" - respondi pausadamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário